Paquistão: “Que o coração endurecido pelo ódio se converta em paz”, pede o Papa

Por Álvaro de Juana